Corregedor-Geral de Justiça realiza palestra na abertura da Semanajur 2020

Na manhã do dia 24 de agosto, a Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo promoveu a palestra de abertura da tradicional Semana Jurídica. Nessa edição, o evento ocorreu por meio das plataformas virtuais da instituição. O debate abordou “Impactos da Pandemia no Judiciário” e contou com a presença do Corregedor-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Desembargador Ricardo Mair Anafe

A chefe da Comunicação Social, Juliana Bontorim, esteve a cargo da apresentação do evento no qual compareceram o Juiz de Direito Titular da 1ª Vara da Fazenda Pública de SBC – TJ/SP, Dr. Alexandre Jorge Carneiro da Cunha Filho, o Desembargador do TJ/SP e professor da FDSBC, Carlos Eduardo Cauduro Padin, o diretor da FDSBC, prof. Dr. Rodrigo Gago Barbosa, a Coordenadora da Graduação, Profª. Dra. Ana Paula da Fonseca Rodrigues, a Coordenadora da Pós-Graduação, Profª Dra. Thais Novaes Cavalcanti, o Coordenador da Semanajur, Prof. Dr. Ruy Coppola Junior, a Secretária-Geral da FDSBC, Cristiane Aparecida Oliveira Agustinho. Além disso, prestigiaram a palestra, os docentes, Profª Mestre Eliana Borges Cardoso, Prof. Mestre Gilberto Carlos Maistro Junior, Prof. Dr. Luiz Guilherme Arcaro Conci, Prof. Mestre Roberto Bahia, Prof. Dr. Roberto Ferreira Archanjo da Silva, Prof. Dr. Sergio Iglesias Nunes de Souza, Prof. Dr. Vladimir Balico. Por meio do Youtube, Mylene P. Seidl, convidada da Semanajur, acompanhou a atividade.

Em sua fala inicial, o Dr. Rodrigo Gago enfatizou como o período de pandemia foi marcado por aprendizado e oportunidade de desenvolvimento. “A Faculdade teve que se reinventar e a avaliação é de que esse reinvento dos nossos professores, professoras e do nosso pessoal foi muito profícuo e satisfatório”, comentou.

Coordenador da 20ª Semanajur, o prof. Dr. Ruy Coppola Jr. reconheceu o esforço conjunto para organização e estruturação e a relevância de mantê-la. “Foi um desafio, primeiro queria parabenizar também. Sr. Diretor por não deixar de realizar a semana jurídica que é sempre tão importante, por ter a coragem de realizar nesses moldes”, disse.

Apresentando o palestrante, o desembargador prof. Carlos Eduardo Cauduro Padin ressaltou suas qualidades. “O Dr. Ricardo é um magistrado de alta capacidade, de conhecimento diversificado, uma pessoa de uma visão microscópica do Direito sem perder o conceito geral, a contextualização geral, ele é formado pela PUC em 1991 e no Tribunal tem feito uma das carreiras mais brilhantes”.

Ao começar sua palestra, o corregedor-desembargador Ricardo Mair Anafe agradeceu a honra de participar da abertura da Semana Jurídica da FDSBC. Introduzindo a temática, destacou a importância do Poder Judiciário e do Tribunal perante à sociedade brasileira. “O Estado brasileiro é dividido entre Executivo, Legislativo e Judiciário. O Poder Judiciário é um poder de uma essencialidade absurda. Ele é o efetivo garantidor do Estado de direito”. Complementou exemplificando sua atuação. “Em especial pelo dia a dia da população, por aquelas ações mais corriqueiras”.

Ressaltou como a pandemia tornou necessária a tomada de medidas e precauções para que fossem mantidas as atividades sem que houvesse comprometimento daqueles que têm a vida na atividade forense.

As ações do Tribunal de Justiça de São Paulo foram abordadas, apontando que o processo de reinvenção se iniciou junto com a pandemia e adequaram-se conforme novos fatores eram apresentados.

Comentou que, em pouco tempo, já haviam realizado teleconferências online, além disso, visitas, intimações, acesso à advogados têm sido através de sistema de videoconferência também.

Mencionou que o Judiciário, em sua reinvenção impulsionada pela necessidade de uma crise sanitária, conseguiu seguir com atividades de forma efetiva e terá ações mantidas por terem se revelado extremamente eficazes. “O Tribunal de Justiça, eu diria que está indo muito bem. E muitos dos seus atos da pandemia vão perdurar”, comentou.

Veja a palestra na íntegra no Youtube da FDSBC

Ver mais notícias