Encontro sobre Empreendedorismo, Inovação e Direito reúne importantes instituições do Grande ABC

Realizado no anfiteatro da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo no dia 16 de agosto, o Encontro sobre Empreendedorismo, Inovação e Direito reuniu representantes de importantes instituições de ensino do Grande ABC e o CEITEC (Centro de Empreendedorismo e Inovação em Tecnologia de São Bernardo do Campo) para uma análise do cenário brasileiro e discussão de parcerias e medidas para ampliação e fomento de iniciativas inovadoras na região.

O encontro foi coordenado pela Profa. Nélida Cristina dos Santos e contou com a presença do Prefeito do Município de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, e do Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Hiroyuki Minami.

“O Brasil, apesar de ser um dos países que mais produzem, a exemplo das commodities do agronegócio, infelizmente importa um navio de soja e, pelo mesmo valor, recebe um container de equipamentos tecnológicos. Precisamos agregar valor ao que produzimos e sobre a mão de obra. Então, nada melhor do que a prefeitura ceder o espaço com o CEITEC. Vamos pagar as despesas de tudo o que for ali absorvido, buscando estimular a inovação. É das universidades que saem as boas ideias, mas há poucas oportunidades de trabalhá-las”, ressaltou o prefeito durante a abertura do evento.

Foram apresentadas cinco palestras. A primeira participação foi da Profa. Dra. Anapatrícia Morales Vilha, coordenadora da Agência de Inovação da UFABC, sobre “Inovação e seus reflexos conjunturais”. A convidada discutiu o papel do Brasil e da região do ABC em relação à internalização da inovação e empreendedorismo e quais são os desafios nesse campo. Falou também sobre a importância de se entender o papel dos atores científicos, tecnológicos, jurídicos e políticos. “Ainda há muito o que se fazer aqui em relação ao resto do mundo”, afirmou a professora, ressaltando que o Brasil investe apenas 1,4% do PIB em pesquisa e desenvolvimento.

A segunda apresentação foi realizada pelo Prof. Ms. Antero Paulo dos Santos Matias, representante da Agência Metodista de Consultoria, sobre a “Experiência do Projeto da Oficina Empreendedora e da Incubadora na Metodista”. Ele contou a experiência da incubadora de empresas, que estimula os alunos da universidade a desenvolverem e apresentarem seus projetos de pesquisa e de criação de novos negócios.

“É importante que todos conheçam um pouco sobre o que é empreender, sobre o que é inovar. Esse é o estímulo principal, não apenas ajuntar essas características e conhecimentos das instituições, mas, principalmente, fazer com que todos entendam que podem criar empreendedorismo e inovação nas suas áreas”, afirmou o professor Antero.

Na terceira palestra, o Prof. Dr. Vagner Barbeta tratou do tema “Experiência em unir inovação e empreendedorismo e a interface com as empresas e industrias”. Para o convidado, muitos dos desafios dos empreendedores passam pelas questões regulatórias, por isso, o envolvimento dos operadores do Direito é de grande importância para o desenvolvimento de inovações no país.

“O fato de uma escola como a de vocês se envolver nesse movimento é extremamente positivo. Os dois lados têm muito a se beneficiar desse tipo de envolvimento. A complementariedade das competências da região é fundamental”, ressaltou Barbeta.

Na quarta palestra, o Prof. Dr. Ruy Coppola Jr., professor da Direito São Bernardo, falou sobre o tema “Modelo jurídico de negócios na área de inovação: só temos a startup como opção de negócios?”. Entre os pontos abordados, o professor buscou mostrar como os profissionais do Direito podem auxiliar as pessoas que buscam inovar na economia brasileira.

“Esse evento é extremamente importante, não só para a faculdade, mas também para a região. Um encontro de instituições de ensino reconhecidas para tratar de um tema que é a inovação. E hoje, ou você trata de inovação ou você efetivamente fica para trás. Acho que essa troca de ideias e experiências por áreas distintas é extremamente positiva”, afirmou Coppola.

Na última palestra do evento, o engenheiro Sadao Hayashi, diretor de Fomento à Atividade Econômica e Assuntos Industriais de Tecnologia e Inovação em São Bernardo do Campo, falou sobre o “Lançamento do CEITEC – Centro de Empreendedorismo e Inovação em Tecnologia e suas perspectivas para os próximos anos”. “Essa união entre empresas, universidades e setor público nesse momento é mandatório. É preciso que esses três setores se organizem para que as dificuldades futuras sejam enfrentadas e para que haja mais investimento em inovação”, ressaltou.

O evento contou ainda com uma exposição no pátio da Direito São Bernardo, com entidades e projetos que contam com a participação de alunos e ex-alunos de instituições de ensino do grande ABC, como o Centro de Solução de Disputas em Propriedade Intelectual da ABPI (Associação de Brasileira da Propriedade Intelectual), o IOT LAB (Internet of Things) do Centro Universitário FEI em parceria com a Telefônica, o projeto Concreto FEI realizado por alunos de engenharia da instituição e o Núcleo de Estudos Permanentes em Arbitragem (NEPA), que estuda a inserção da arbitragem no empreendedorismo e tecnologia como método eficiente de solução de conflitos, grupo este formado por alunos da FDSBC e coordenados pela Profa. Elisabeth V. De Gennari.
Aproveitamentos para agradecer a presença dos grupos e a exposição de seus projetos inovadores à nossa comunidade acadêmica.

Ver mais notícias