Ex-aluno da FDSBC é eleito Dirigente do TRT da 2ª Região

O Desembargador Dr. Valdir Florindo foi eleito vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. A votação realizada no dia 03 de agosto de 2020, por meio online, teve transmissão ao vivo no Youtube. Florindo é bacharel na turma de 1987 da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo. “Por mais que hoje more em São Caetano, vivi muito tempo em São Bernardo, tenho familiares que ainda residem, atuo na cidade também, por isso que eu tenho muito orgulho de ter feito Faculdade nesta instituição e ainda poder, humildemente, ter esta projeção em minha profissão”, comentou com muito carinho sobre a FDSBC.

Dr. Valdir Florindo (Foto extraída da internet)

 

A gestão do TRT ficou composta pelo presidente, o desembargador Luiz Antonio Moreira Vidigal; no cargo de vice-presidente administrativa, a desembargadora Tânia Bizarro Quirino de Moraes; para o cargo de vice-presidente judicial, o desembargador Valdir Florindo; e, no cargo de corregedor regional, o desembargador Sergio Pinto Martins. . O mandato se inicia no dia 1º de outubro de 2020 e terá vigência pelo biênio 2020-2022.

Imagens extraídas da página do TRT.

Dr. Valdir salienta sobre a magnitude do TRT. “O Tribunal de São Paulo é tão grandioso que nós temos duas vice-presidências, a administrativa e a judicial. Todas as questões judiciais que são correlatas ao Tribunal, ficam atreladas à vice-presidência judicial, como questões coletivas, de dissídios coletivos, greves, que envolvem a 2ª região, e, que dependem de conciliação. Além de várias outras atividades legais e regimentais.”

Pela primeira vez, uma eleição ao TRT foi feita via internet. A atividade virtual foi necessária devido a pandemia mundial na área da saúde.  “É eleição mesmo, os eleitores são os próprios desembargadores, no total, 88 votaram. Nesse tempo de pandemia, todos os magistrados estão fazendo teletrabalhos”, contou sobre as atividades incessantes.

Confira um pouco sobre a trajetória do Desembargador:

Fonte: TRT

– Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo – 2ª Região;
Presidente da 6ª Turma – 2006/2008, 2008/2010 e 2014/2016.
Presidente da SDI-4 – Seção Especializada em Dissídios Individuais – 4 – 2010/2012 e 2014/2016
– Convocado pelo Tribunal Superior do Trabalho – Abril 2013 a Abril 2014 e Integrou as 2ª. e 7ª. Turmas. Convocado novamente pelo TST no período de 28/03/2016 a 06/05/2016 e Integrou a 5ª. Turma;
– Bacharel pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo;
– Postgrado em Derecho Del Trabajo por La Universidad de Castilla-La Mancha, Campus Del Toledo-España;
– Autor do Livro Dano Moral e o Direito do Trabalho, Editora LTr/SP – 4ª Edição – 2002 – esgotada;
– Presidente Honorário da Academia Brasileira de Direito do Trabalho – Ocupante da cadeira de nº 93
– Presidente – 2016/2018
– Vice-Presidente – 2014/2016
– Diretor Secretário – 2010/2012 e 2012/2014
– Titular da cadeira de nº 36 da Academia Paulista de Direito do Trabalho
– Titular da Academia Paulista de Magistrados;
– Ex- Advogado e Coordenador-Geral do Departamento Jurídico do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC;
– Ex-Coordenador e Professor dos cursos de Pós-Graduação do I.B.D.C. (Instituto Brasileiro de Direito Constitucional);
– Professor de Direito e Processo do Trabalho do Curso de Pós-Graduação da Escola Superior de Direito Constitucional;
– Professor de Direito do Trabalho do Curso de Pós-Graduação da Escola Paulista de Direito;
– Ex-Professor de Direito Constitucional e Processo do Trabalho do Curso de Pós-Graduação da Universidade São Francisco – USF/SP;
– Membro da Asociación Iberoamericana de Derecho Del Trabajo y de la Seguridad Social;
– Prêmio Imprensa 2010, em reconhecimento ao destaque em suas atividades;
– Integra a Comunidade de Juristas da Língua Portuguesa – CLPJ;
– Agraciado com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau de Comendador, conferida pelo Tribunal Superior do Trabalho, em 2010.
– Grã-Cruz – Ordem do Mérito Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região;
– Agraciado com a Medalha de Ouro do Mérito Judiciário da Justiça do Trabalho da 15ª Região/Campinas, em 2011;
– Outorga da Insígnia da Ordem do Mérito Jus et Labor, no grau de Comendador, conferida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região – Pará e Amapá.
– Condecorado pelo Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da 21ª região/RN, com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho “Djalma Aranha Marinho”, no grau de Grande Oficial, em data de 20 de abril de 2018.
– Medalha Constitucionalista MMDC da Sociedade Veteranos de 1932, oficializada pelo Decreto nº 29.896, de 10- 05-1989, do Governo do Estado de São Paulo.
– Grã-Cruz da “Ordem do Mérito Cívico e Cultural”, oficializada pela Portaria nº 153, de 04 de Junho de 1965 do Ministério de Educação e Cultura do Governo da República Federativa do Brasil;
– Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito do Empreendedor Visconde de Mauá, oficializada através da Lei nº 2169 de 10 de fevereiro de 1988 do Município de Mauá, Estado de São Paulo;
– Comendador Chanceler da Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística;
– Membro convidado do Instituto Brasileiro de Direito Social Cesarino Junior (I.B.D.S.C.J.);
– Membro Honorário do I.G.T. – Instituto Goiano de Direito do Trabalho;
– Integrou a equipe de redatores da Revista do Direito Trabalhista – Editora Consulex – Brasília- DF;
– Autor de vários artigos publicados pela imprensa especializada em assuntos trabalhistas;
– Conferencista e debatedor em vários congressos e encontros jurídicos;
– “Colar de Honra ao Mérito Legislativo do Estado do São Paulo” – Ato nº 28, de 11 de Novembro de 2015, conferido pela Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo;
– Cidadão Paulistano (Decreto legislativo nº 20/2014);
– Cidadão São-Bernardense (Decreto Legislativo nº 530/97);
– Cidadão Emérito de São Bernardo do Campo (Decreto Legislativo nº 1.163/10);
– Cidadão Benemérito de Alvinlândia/SP (Decreto Legislativo nº 02/97);
– Cidadão Sulsancaetanense (Decreto Legislativo nº 375/09);
– Cidadão Diademense ( Decreto Legislativo nº 003/2014);
– Medalha JOÃO PEREIRA DA SILVA, conferida pela Câmara Municipal de Alvinlândia, em conformidade com o Decreto-Legislativo nº 03/2017, de 13/11/2017
– Medalha de Honra di Thiene conferida pela Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul;
– Eleito Advogado do Ano de 1997, pela 39ª Subsecção da OAB/SBC.

Reportagem: Estagiária da Comunicação Social – Elisa Barbosa

Ver mais notícias