fbpx

“Não existe preconceito e, sim, falta de informação”, afirma historiador Natanael dos Santos em palestra na Direito São Bernardo

Alunos, professores e representantes da prefeitura compareceram ao anfiteatro da faculdade para prestigiar o evento promovido em prol do Dia da Consciência Negra

Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, a Direito São Bernardo, em parceria com a Prefeitura, promoveu na última quinta-feira, 22, uma palestra interativa do escritor e historiador Natanael dos Santos. Defendendo que não existe preconceito racial, mas falta de informação, o palestrante apresentou o tema “Trajetórias do Negro no Espaço Geográfico Brasileiro” aos que estiveram presentes no anfiteatro da faculdade.

Em sua palestra, Natanael falou a respeito de biotipos e de sua história. Segundo o historiador, o preconceito só existe porque as pessoas não têm informações sobre as suas próprias origens e de quem são. “Quando toda a história é de fato conhecida, é possível mudar a opinião ou a postura das pessoas e é por isso que defendo que não existe preconceito. Não sou da raça negra, sou da raça humana e enquanto você me olha como uma raça negra, você me olha como inferior”, afirma Natanael.

 

Apresentação

O historiador acredita que as universidades têm papel fundamental na disseminação de informação e cultura. “Quando você vem numa faculdade de direito falar sem medo sobre o negro, você tem a oportunidade do aluno que se formará um juiz, advogado ou promotor entender melhor a respeito do assunto”, conta Natanael.

Ao longo do seu discurso, o palestrante trouxe para o público algumas intervenções interativas, convidando cerca de 20 pessoas ao palco que, com instrumentos musicais, aprenderam um pouco sobre o som africano.

Participações

Além de alunos e professores, estiveram presentes representantes da Prefeitura de São Bernardo do Campo. O Secretário de Cidadania, Assuntos Jurídicos e da Pessoa com Deficiência, Dr. José Ricardo Gil Fonseca, afirmou que a Secretaria está atuando em parceria com a Direito São Bernardo em vários assuntos, destacando a realização de eventos culturais, cursos e palestras. “Acreditamos que essa parceria tende a aumentar cada vez mais, colaborando com o desenvolvimento dos alunos e na conscientização da sociedade”.

A Chefe de Seção da Divisão de Cidadania e da Pessoa com Deficiência, Dra. Érica Alessandra de Santana Colasso, também esteve presente e destacou a parceria como um marco na abordagem das questões das Diversidades. “A escolha da palestra não foi pensada apenas para comemorar o mês da Consciência Negra, o que por si só já tem muita importância, mas também para proporcionar conhecimento e empoderamento das contribuições de nossos ancestrais, com intuito de minar todo e qualquer tipo de preconceito e discriminação”, complementou.

Na ocasião, o diretor da Direito São Bernardo, Rodrigo Gago, também se pronunciou sobre os recentes acontecimentos nas dependências do campus e comentou que o evento visa dar uma resposta aos atos de intolerância que são repudiados pela instituição. “Para nós, promover um evento como esse e outras ações educativas é muito importante para que possamos construir uma comunidade menos preconceituosa e mais tolerante”, comenta.

Ver mais notícias