fbpx

Professoras da Direito São Bernardo integrarão Diretoria da 39ª Subseção da OAB

Eleitas pela chapa “Juntos pela Advocacia”, as professoras Carmela Dell’Isola e Adriana Preti atuarão na Diretoria da subseção da OAB de São Bernardo no triênio 2019-2021

 

No dia 29 de novembro, as seccionais e subseções da OAB elegeram as Diretorias para o triênio 2019-2021. As eleições são importantes não só para os profissionais da área jurídica, mas para toda a sociedade, uma vez que a entidade se consolidou como uma das principais defensoras dos direitos e garantias fundamentais dos cidadãos brasileiros ao longo de quase 90 anos. Duas professoras da Direito São Bernardo participarão diretamente dessa luta, integrando a Diretoria da 39ª Subseção da OAB, em São Bernardo do Campo: Carmela Dell’Isola, como vice-presidente, e Adriana Preti, que atuará como secretária-adjunta.

 

As professoras foram eleitas na chapa “Juntos Pela Advocacia”, que tem como presidente Luiz Ribeiro Costa Júnior. A Diretoria da 39ª Subseção contará ainda com os seguintes representantes: Ana Paula Lupino (secretária geral) e Eduardo Ginez (Tesoureiro).

 

De acordo com a professora Carmela, a nova Diretoria buscará a efetiva integração de todos os advogados do município, valorizando também os jovens profissionais, que muitas vezes precisam de orientação quanto às suas carreiras. “Serão tomadas medidas para maximizar a atuação da Escola Superior de Advocacia, tornando-a forte no discurso de ampliação e aprimoramento do profissional da área jurídica de São Bernardo do Campo. Estou confiante com a nossa Diretoria, que vai trabalhar para que tenhamos uma classe unida e digna de respeito”, afirmou.

 

Segundo a professora Adriana, a nova Diretoria tem como um dos compromissos trabalhar em projetos e ações que resultem na participação efetiva dos acadêmicos de todas as faculdades de Direito de São Bernardo do Campo. O objetivo é dar suporte para que os estudantes prestem o exame da Ordem mais preparados e também para que os jovens profissionais já comecem a se ambientar à Casa do Advogado. “Vamos fortalecer as ações e cursos voltados para o jovem advogado, que precisa de um apoio institucional para que possa começar a exercer a sua profissão. Esse é um dos pilares da nossa gestão”, ressaltou.

 

Já o novo presidente da subseção, Luiz Ribeiro, destacou que será prestigiada a independência político-partidária da Ordem e será exigido que os direitos e prerrogativas dos advogados sejam respeitados. “As prerrogativas e a ética na advocacia serão primordiais, e buscaremos melhorar a estrutura destas Comissões. Faremos uma OAB sem distinções, sem discriminações, sem diferenças e sem grupos, que irá combater qualquer tipo de preconceito. Teremos uma OAB aberta a todos os profissionais do Direito, uma OAB inclusiva em um ambiente acolhedor. Onde a advocacia volte a ter prazer de estar no local, e possa demonstrar a união dos profissionais”.

 

O advogado salientou ainda que a nova Diretoria pretende fortalecer a Comissão da Mulher Advogada, para que elas tenham seus direitos respeitados. Além disso, será reforçado o apoio aos jovens advogados. “Tivemos expressiva votação entre os jovens advogados e pudemos constatar que os mesmos se sentem abandonados pela OAB, motivo pelo qual iremos apoiar o jovem advogado com a implementação dos cursos já existentes, bem como com apoio profissional, laboratório prático e noções de empreendedorismo”.

 

OAB São Paulo

 

Na seccional paulista, a maior do País, com um contingente que ultrapassa 350 mil advogados inscritos, em 239 subseções, Caio Augusto, atual secretário-geral da OAB/SP, foi eleito presidente e em seu primeiro pronunciamento pediu a união da classe. “Nós vivemos tempos muito difíceis. Tempo onde exigirá muita coragem e força da advocacia. Por isso, vencido o momento eleitoral, é necessário dizer que a advocacia caminhará unida. Não há mais adversário. Existem companheiros de caminhada e todos terão a oportunidade de unir as nossas bandeiras em defesa da democracia, do estado democrático de direito, da cidadania e da advocacia, cujo papel é defender a maior autoridade de todas, que é o cidadão. Para isso, vamos ter que ter muita coragem. A Ordem não estará subserviente a nenhum governo”.

 

Também farão parte da Diretoria da OAB/SP a partir de 2019: Ricardo Toledo (vice-presidente); Aislan Queiroga (secretário-geral); Margarete Lopes (secretária-geral adjunta); Raquel Preto (tesoureira); Luis Ricardo Vasques Davanzo (presidente da CAA/SP); Aline Silva Fávero (vice-presidente da CAA/SP). Integrarão o Conselho Federal: Alexandre Ogusuko, Alice Bianchini, Daniela Campos Liborio, Fernando Calza de Salles Freire, Guilherme Octavio Batochio e Gustavo Henrique R. Ivahy Badaro.

 

Subseções da OAB no ABCD

 

Confira, a seguir, os vencedores das eleições para o triênio 2019-2021 nas demais cidades do ABCD:

 

38ª Subseção de Santo André

Presidente: Andréa Tartuce

Vice-presidente: Leonardo Dominiqueli Pereira

Secretária-geral: Rosana Lino

Secretário-adjunto: Rodrigo Amaral

Tesoureiro: José Luiz Ribas

 

40ª Subseção de São Caetano

Presidente: João Paulo Borges Chagas

Vice-presidente: Luiz Paulo Turco

Secretário-geral: Winifred Kulesis Allegretti

Secretária-adjunta: Marilice Barbato

Tesoureira: Paula Cristina Araújo

 

62ª Subseção de Diadema

Presidente: Fernando Duque Rosa

Vice-presidente: Renato Moreira Figueiredo

Secretário-geral: Ricardo André Barros de Moraes

Secretária-adjunta: Célia Aparecida Lisboa

Tesoureira: Deniva Maria Borges França

 

Reportagem: Frank Neres / Assessoria de Comunicação KB

 

Ver mais notícias