-->

Feminismo e Direito – a mulher como sujeito de direitos no Estado Democrático de Direito

Feminismo e Direito – a mulher como sujeito de direitos no Estado Democrático de Direito

Coordenadora: Profª. Me. Anaclara Pedroso Fernandes Valentim da Silva

Advogada, mestre em Direito Penal pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, doutoranda em Direitos Humanos na mesma instituição e Coordenadora Adjunta do Departamento de Estudos Prisionais do IBCCrim.

APRESENTAÇÃO

A igualdade é um dos preceitos fundamentais da Constituição Federal, que estabelece o Brasil como um Estado Democrático de Direito. Entretanto, a igualdade formal, instituída por leis não garante que a mesma ocorra em um plano prático dando à mesma um caráter material. Sendo assim, o objetivo do curso é (re)pensar a construção dos papéis sociais, problematizando a retirada das mulheres do espaço público, relegando-as a sujeitos de não-direito.

CONTEÚDO

PÚBLICO-ALVO

Alunos e ex-alunos, advogados e integrantes da comunidade em geral.

PRÓXIMAS TURMAS

 

Período de realização, dias e horário: De 28 de abril de 2022 a  16 de junho de 2022.  Quintas-feiras  das 19h30 às 21h30.

Carga horária: 24 horas (8 encontros)

Formato do Curso: Aulas on-line ao vivo

Inscrições: até 24/04/2022.

Investimento: R$ 360,00.

Feminismo e Direito – a mulher como sujeito de direitos no Estado Democrático de Direito