Aluna da FDSBC recebe nota 9,9 no XIII Concurso Unificado da Ordem

Aluna da FDSBC recebe nota 9,9 no XIII Concurso Unificado da Ordem 
07 de outubro de 2014, terça-feira.
A estudante Fabrise Fanti, 32 anos, do 5º ano da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, obteve a nota 9,9 na segunda fase do XIII Concurso Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil. A primeira fase foi realizada no dia 13 de abril e a segunda fase no dia 1 de junho. A estudante conta que não há segredo para o sucesso no exame, apenas muito empenho e estudo.
“Desde o primeiro ano procuro me dedicar aos estudos e assistir às aulas com máxima atenção às orientações dos professores. Na preparação específica para a prova, fiz uma revisão focada nos pontos mais importantes e precisei também estudar por conta, pois ainda faltava aprender alguns conteúdos do último ano, já que prestei o primeiro exame de 2014. Abri mão das minhas horas de lazer durante a semana e aos finais de semana. Estudei seis meses com intensidade direito material e as estruturas de peças”, afirmou Fabrise.
A estudante destaca a importância das aulas de Prática Jurídica, cursadas na área de Direito Civil, com a professora Elisabeth V. De Gennari. “É preciso escolher a Prática Jurídica a partir da afinidade e convívio com a matéria, independentemente das especulações sobre o exame. Optei pela prática que mais gostava, o que me ajudou bastante, já que todas as semanas revisamos Direito material e fazemos uma peça diferente, o que auxilia na segurança, essencial para a prova”, ressaltou.
De acordo com a professora Elisabeth, as aulas de Prática Jurídica auxiliam com exercícios aplicados semanalmente, exemplos do teor das questões e problemas que foram solicitadas nos exames anteriores da OAB. As aulas são ministradas nas áreas de Direito Civil, Trabalhista, Constitucional, Tributário e Penal. “Nossos resultados têm sido muito animadores. Embora acompanhe mais diretamente a área civil, sei que o resultado positivo se repete em todas as áreas”, afirmou a professora. Contudo, ela destaca que o bom rendimento dos alunos se deve ao curso como um todo, pois do 1° ao último ano há a preocupação dos professores em passar o conteúdo e a segurança necessários para a realização do Exame de Ordem.
Para a estudante, o ótimo desempenho no Exame foi mais um passo rumo ao sucesso profissional. Fabrise conta que deseja ingressar na magistratura. “Durante a faculdade estagiei com duas juízas, uma na Justiça Federal e outra na Justiça Estadual, o que fez com que o meu desejo se consolidasse. Nenhuma oportunidade merece ser desperdiçada já que não sabemos o que o futuro nos reserva. Acredito que assim que terminar o curso irei advogar, mas ainda não possuo preferência por áreas, creio que tudo é aprendizado”, declarou.
Sobre o período de estudos para o Exame de Ordem, a estudante destacou: “A maior experiência que tive nessa fase de estudos intensos e finalização de uma etapa foi justamente perceber que é possível cumprir uma meta até obter bons resultados, se existe uma verdadeira dedicação. Certamente levarei isso para vida e gostaria que todos tivessem também esta certeza”.

Ver mais notícias