Ex-aluna é nomeada Desembargadora do TJ/SP

Ex-aluna é nomeada Desembargadora do TJ/SP
05 de agosto de 2014, terça-feira.
Formada pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo no ano de 1984, a Dra. Maria Laura de Assis Moura Tavares, foi nomeada, durante o mês de junho de 2014, Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.
Sobre a expectativa para o novo cargo, a desembargadora afirmou: “Espero que o conhecimento acumulado durante estes 26 anos de carreira e todo o estudo que exige a atuação nessa área permitam a completa e rápida prestação jurisdicional. O incansável número de processos exige dedicação integral à função”.
A família da Dra. Maria Laura tem tradição na área jurídica e na Direito São Bernardo. O pai dela, Dr. Antonio de Assis Moura (Promotor de Justiça em São Bernardo, ora aposentado), a mãe, a Dra. Célia Assis Moura, e o marido, o engenheiro e construtor Antonio José Tavares, também foram alunos da Instituição.
“Realmente, a família do meu pai se destaca por vários membros terem se dedicado às carreiras jurídicas, inclusive com alguns deles ocupando cargos de notoriedade. O convívio diário com as questões jurídicas com certeza permitiu que a minha vocação aflorasse precocemente, além de permitir o pleno conhecimento das exigências da carreira, como a necessidade de residir em outras cidades, às vezes bem distantes”, declarou a magistrada.
A Dra. Maria Laura falou também sobre a contribuição da Faculdade para sua trajetória de ascensão na carreira jurídica. “Gostaria de destacar que a base do meu conhecimento jurídico veio dos bancos da faculdade, dos notáveis professores que tive, mas que este conhecimento acadêmico exige aprofundamento para o ingresso na carreira da Magistratura Paulista”, ressaltou.
Para os estudantes da Direito São Bernardo que pretendem seguir carreira na magistratura, a desembargadora destaca a importância do estudo e da dedicação desde os tempos de graduação, além da firme disposição de não desistir frente a eventuais reprovações nos concursos públicos.
Fotos registradas pelo fotógrafo do TJ/SP, Gideão Dias.

Ver mais notícias