Memória: Três gerações de uma mesma família com história na Direito São Bernardo

Hoje é Dia Internacional da Família (15) e esta página especial da FDSBC trará detalhes da trajetória de três gerações que cursaram a Direito São Bernardo. O legado dos Gimenes foi permeado pela carreira encantadora que os conectou ainda mais.

A ex-aluna, Silvia Regina Gimenes Pedroti, graduada pela turma de 1984, compartilhou a história das três gerações de Direito São Bernardo: além dela, o pai e a filha também foram formados pela Instituição.

Alcides Gimenes, Silvia Regina Gimenes Pedroti e Lucianne Regina Gimenes Pedroti.

O pai, Alcides Gimenes, saiu de Ourinhos em 1968 para trabalhar em Santo André, e desde essa época tinha o sonho de entrar em uma Faculdade de Direito. Ingressou na FDSBC em 1974 e fez parte da 10ª turma de formandos, em 1978. Hoje, aposentado, contou que a conclusão do curso e os conhecimentos adquiridos levaram-no a funções de relevância na Administração Tributária do Estado de São Paulo. “Tanto a filha Sílvia, como a neta Lucianne, não foram pressionadas para fazer o curso de Direito. É um curso que abre espaço em muitas funções relevantes através de Concursos Públicos e nos corpos jurídicos de empresas e escritórios”, ressaltou.

Sílvia entrou na FDSBC aos 17 anos. Ela disse que, na época, apenas os mais velhos e experientes cursavam Direito e que não haviam muitos jovens, como ela. “Sempre gostei de ler, e ao tempo em que meu pai cursava a Direito São Bernardo, e eu era ainda uma adolescente, nas férias escolares me divertia lendo aquelas obras jurídicas incríveis”, comentou.

Hoje, atuante como gestora de conflitos, contou que o que mais a motiva é a singularidade de cada caso. “As questões podem ser parecidas, mas nunca se repetem. A cada novo caso, procuro estudar para melhor entender a questão e ajudar o cliente a resolver seu conflito. Agora mais experiente, tenho várias outras formas de buscar a solução de seu problema jurídico”, salientou Silvia.

A filha, formada pela turma de 2015, é o orgulho da mãe. “Fiquei muito satisfeita quando ela ingressou na FDSBC. Jovem advogada, que faz a diferença para um mundo melhor”, falou.

De acordo com Lucianne, o Direito é um instrumento que pode ser usado para melhorar a vida das pessoas. “Decidi cursar por essa razão, para entender melhor as leis que regem nossa sociedade – o que acredito que deveria ser conhecimento de todos – e também pelo leque de possibilidades profissionais que o curso oferece”, afirmou.

A família finalizou ressaltando a importância da Direito São Bernardo em suas vidas. “Três gerações de sonhos, fé e realizações. A FDSBC faz parte de nossa história de vida!”, concluem.

Nos orgulha ser parte nessa trajetória e poder contar com todos da família na FDSBC.

Se você também tem uma história de contexto familiar, encontros de turmas, amigos nos mande pelo e-mail [email protected] para que seja uma sugestão de pauta e nos entraremos em contato.

Veja mais histórias na página.

Confira a galeria:

Ver mais notícias